08.Jul.2011 12:48
Helena Eilers
1 Comentários
E se a birita não desse barato?

Chegou sexta-feita. É ritmo, é ritmo de festa. E ninguém precisa ficar se culpando por estar ansiosamente esperando o expediente acabar para tomar aquele chope com amigos, um vinhozinho com um corpitcho ou  dar uma de Christina Aguilera ( I'am a genie in a bottle) e entrar de vez para dentro da garrafa numa noite de Porto.

 

 

Paul Roman, pesquisador do departamento de sociologia da Universidade da Geórgia, nos Estados Unidos, e especialista no estudo do alcoolismo explica que as bebidas alcoólicas atraem as pessoas principalmente pelo relaxamento e pela extroversão que proporcionam  (a velha história que ninguém faz amigos bebendo leite) . Mas já imaginou se ninguém ficasse bêbado? Provavelmente não, mas  o pessoal da Super Interessante já.  Olha as conclusões:

 

1) Ressaca nunca mais.

2) Poderia salvar a vida de 15mil pessoas que morrem em acidentes de carro por ano.

3) Um basta nos happy-hours exagerados e distração devido à bebida no trabalho

 

Mas o povo desde que é povo curte um baratinho (nada exemplifica mais isso do que crianças pura e inocentes se esbaldando num gira-gira), é por isso que se a birita não fizesse efeito, outras drogas certamente passariam a ser mais procuradas. Abaixo algumas conclusões:

 

AÍ EU ME AFOGO NUM COPO DE SUQUINHO
Os bares estariam cheios de imitações da água que passarinho não bebe.

 

DROGAS, MANO
Nem todo mundo que bebe adotaria drogas. Mas a oferta delas cresceria, pois garantiriam um pileque. O número de viciados poderia chegar a 12% dos brasileiros, total hoje dependente de álcool.

 

MOMENTO RELAX
Calmantes seriam procurados por quem quisesse esquecer problemas ou dores de amor. A porcentagem de brasileiros que compram os remédios sem prescrição – hoje de 5,6% – provavelmente cresceria.

 

AMARELOU GERAL
Os que apreciassem o gosto do álcool e bebessem desenfreadamente sentiriam os efeitos no fígado. O consumo em excesso causa hepatite alcoólica, que compromete o órgão e deixa a pele amarelada.

 

MAIS AÇÚCAR NA CACHAÇA
Bebidas alcoólicas respondem por 30% da receita de casas noturnas e bares no Brasil, em média. Para ganhar dinheiro, essas empresas poderiam investir em drinques docinhos, que competissem com sucos e refrigerantes no paladar

 

  

 

Fora a parte séria e de pesquisa (pesquisadores e fontes aqui) eu tirei algumas conclusões próprias bem particulares:

 

1) Dead Kennedys jamais cantaria "Too drunk to fuck"

2)Charlie Sheen não seria o Charlie Sheen.

3) O mundo teria pessoas mais feias ( em outras palavras, na noite nem todo gato seria pardo)

4) Happy-hours bem mais chatos, quando não é tu que paga o vale é sempre divertido

5) Não veríamos as celebs de  despecar do saltão, pagar peitinho e coisas dos tipos 

6) A campanha " Faça um feio feliz" perderia força

7) Não teríamos macacos alcoolatras

8) E quanto às propagandas de cerveja? Teriam que achar um outro ramo de produtos para inserir "mulheres gostosas de biquíni com peitão e bundão"

9) A Sandy não precisaria ficar tentando convencer que ela é uma garota Devassa. (búuu, propaganda de Danoninho para a Sandy)

 

      

 

---- Brincadeiras a parte, beba com moderação-----



Comentários (1)
francisco | 08.Jul.2011 16:03
só duas palavras ... PARA BENS .... kkkkk




N blogueiros
Arquivos
Abril 2015  /  17 posts
Fevereiro 2015  /  16 posts
Janeiro 2015  /  21 posts
Dezembro 2014  /  23 posts
Novembro 2014  /  23 posts
Outubro 2014  /  23 posts
Fevereiro 2014  /  30 posts
Outubro 2013  /  23 posts
Setembro 2013  /  29 posts
Agosto 2013  /  37 posts
Julho 2013  /  26 posts
Junho 2013  /  17 posts
Abril 2013  /  17 posts
Março 2013  /  20 posts
Janeiro 2013  /  36 posts
Dezembro 2012  /  18 posts
Novembro 2012  /  39 posts
Agosto 2012  /  30 posts
Julho 2012  /  41 posts
Junho 2012  /  47 posts
Maio 2012  /  31 posts
Abril 2012  /  32 posts
Março 2012  /  29 posts
Fevereiro 2012  /  34 posts
Janeiro 2012  /  62 posts
Dezembro 2011  /  66 posts
Novembro 2011  /  65 posts
Outubro 2011  /  63 posts
Setembro 2011  /  49 posts
Agosto 2011  /  57 posts
Julho 2011  /  63 posts
Junho 2011  /  40 posts
Maio 2011  /  51 posts