13.Out.2011 17:24
Helena Eilers
0 Comentários
Rise Against: Fãs e banda contra a homofobia

Fãs do Rise Against criaram um clipe da música “Make It Stop (September’s Children)”. Parte do mais recente álbum recente da banda, o Endgame, a canção fala sobre preconceito e homofobia (tu podes conferir a letra mais abaixo). No vídeo, os fãs colaram suas orientações sexuais na boca, simbolizando a dificuldade e o tabu em torno do assunto.

 

O Rise Against  já havia lançado um video clipe oficial dessa música].  Na ocasião, o  vocalista Tim McIralth falou:

“Um número de eventos foram os catalisadores para a criação de Make It Stop, tudo sobre os suicídios de Setembro de 2010, até nossos fãs falando sobre seus medos e inseguranças de tempo em tempo. Eu decidi criar a música como uma resposta, e quando eu descobri a campanha do It Gets Better e o comprometimento de seu co-fundador Dan Savage para essa importante e precisa mensagem, eu me comovi. E eu imediatamente senti que, se nossa música é a estrada, então o It Gets Betters Project é o destino. Eu espero que a sinergia entre os dois possa alcançar as pessoas e fazer a diferença.”

 

 

 

Letra traduzida pelo Portal Terra

Faça Isso Parar (Crianças de Setembro)


"Bang bang" fazem os pregos do caixão
Como um último suspiro,
Então se foi para sempre.
Parece que foi ontem,
Como eu perdi o levantamento das bandeiras vermelhas?

Pense de volta nos dias em que nós rimos
Nós enfrentamos estas tempestades amargas juntos
De joelhos ele chorou
Mas de pé ele morreu

Qual Deus condenaria um coração?
E qual Deus nos separou?
Qual Deus poderia...

Fazer isso parar
Deixar isso terminar
Dezoito anos jogados no abismo
E acabou nisso
Um passo sem peso
Descendo o caminho cantando
Woah...
Oh...

"Bang bang" das paredes do armário
Dos corredores da escola
Das espingardas carregadas
Empurre-me e eu empurrarei de volta
Eu cansei de perguntar, eu exijo
De uma nação sob Deus
Eu sinto o amor como um eletrochoque de gado

(Nascido livre) Eu nasci livre, mas ainda assim eles odeiam
(Nascido eu) Nascido eu, não, eu não posso mudar
É sempre mais escuro
Justamente antes do amanhecer
Então fique acordado comigo
Vamos provar que eles estão errados

Faça isso parar
Deixe isso terminar
Dezoito anos jogados no abismo
E acabou nisso
Um passo sem peso
Descendo o caminho cantando
Woah...
Oh...

O rio frio lavou-o para longe
Mas como nós poderíamos nos esquecer
Os reunidos seguram velas
Mas não suas línguas
E muito sangue voou
Dos pulsos
Das crianças envergonhadas
Por aquelas que elas escolheram beijar
Quem vai se levantar para parar o sangramento?

Nós estamos pedindo
Insistindo em
Uma batida diferente
É, uma canção novinha em folha

Tyler Clementi (18 anos)
Uma canção novinha em folha
Billy Lucas (15 anos)
Harrison Chase Brown (15 anos)
Cody J. Barker (17 anos)
Seth Walsh (13 anos)

Faça isso parar
Deixe isso terminar
Essa vida me escolheu
Eu não estou perdido em pecados
Mas orgulhoso eu estou
De ser o que eu sou
Eu planejo continuar vivendo

Faça isso parar
Deixe isso terminar
Dezoito anos jogados no abismo
Mas orgulhoso eu estou
De ser o que eu sou
Eu planejo continuar vivendo



Comentários (0)



N blogueiros
Arquivos
Abril 2015  /  17 posts
Fevereiro 2015  /  16 posts
Janeiro 2015  /  21 posts
Dezembro 2014  /  23 posts
Novembro 2014  /  23 posts
Outubro 2014  /  23 posts
Fevereiro 2014  /  30 posts
Outubro 2013  /  23 posts
Setembro 2013  /  29 posts
Agosto 2013  /  37 posts
Julho 2013  /  26 posts
Junho 2013  /  17 posts
Abril 2013  /  17 posts
Março 2013  /  20 posts
Janeiro 2013  /  36 posts
Dezembro 2012  /  18 posts
Novembro 2012  /  39 posts
Agosto 2012  /  30 posts
Julho 2012  /  41 posts
Junho 2012  /  47 posts
Maio 2012  /  31 posts
Abril 2012  /  32 posts
Março 2012  /  29 posts
Fevereiro 2012  /  34 posts
Janeiro 2012  /  62 posts
Dezembro 2011  /  66 posts
Novembro 2011  /  65 posts
Outubro 2011  /  63 posts
Setembro 2011  /  49 posts
Agosto 2011  /  57 posts
Julho 2011  /  63 posts
Junho 2011  /  40 posts
Maio 2011  /  51 posts